Retomada dos Hotéis: a tecnologia como uma aliada no pós pandemia!

 O  impacto da COVID-19 em nosso dia a dia, trouxe à tona o avanço da tecnologia para dentro das empresas. Neste período de pandemia, ficou muito evidente que a hotelaria está buscando ferramentas para fortalecer a eficácia dos seus serviços. O setor de manutenção predial e facilities também está passando por transformações, saindo da esfera técnica e inserindo a “pessoa” no centro das operações. Neste artigo da nossa série Retomada dos Hotéis, vamos apontar algumas tecnologias disponíveis para a área hoteleira, que oferecem redução de custos no orçamento, agilidade nas atividades, controle das equipes, informações para montar estratégias, além do mais importante, a segurança e  conforto para hóspedes e colaboradores. 


Algumas soluções tecnológicas que ajudam na economia dos hotéis

 Um atendimento de qualidade vai além de equipes bem treinada para tratar de forma agradável o seu hóspede. Pesquisas mostram que 50% das avaliações negativas apontadas por hóspedes estão relacionadas a falta de manutenção, por isso, na retomada do setor, os investimentos em tecnologia podem promover economia, aumentar a qualidade dos serviços prestados e garantir a satisfação de uma experiência única ao seu hóspede.
Um exemplo de investimento que pode gerar muita economia ao longo do tempo é a energia fotovoltaica, das placas solares. Elas podem trazer ao empreendimento um grande impacto econômico de quase 80% na diminuição dos custos com energia. E o hotel ainda sai do monopólio de empresas, para gerar e consumir a sua própria energia sem ter custos com manutenção. Este investimento pode durar de 20 a 25 anos e o hotel já consegue ver o retorno em 6 anos. Quando um hotel opta por essa fonte de energia limpa e sustentável, recebe um selo de certificação ecológica, algo que pode se tornar decisório na escolha do hóspede. 

A leitura e o monitoramento remoto de consumo também promovem a economia no sistema de água do hotel, chegando a reduzir em 30 a 35% do seu consumo. O sistema de medição remota permite acompanhar por aplicativo o consumo de água, analisar os dados e oferece ao gestor de facilities, um gerenciamento mais assertivo das instalações. O objetivo é encontrar onde há desperdícios, com isso o hotel também reduz a sua conta de energia e gás, diminui a manutenção corretiva e imprevistos nos orçamentos. 


Software de gestão predial podem garantir a segurança que o seu hóspede procura!

A norma da ISO 41.001, nos apresentou um novo direcionamento: a preocupação com o bem-estar das pessoas nos espaços e nas estruturas. E com a pandemia, os cuidados com a saúde e a proteção de hóspedes e colaboradores foi intensificada. 

Porém, mesmo na retomada parcial das atividades, alguns clientes ainda se sentem muito inseguros para sair de suas casas e frequentar os ambientes externos. Neste ponto, a inteligência tecnológica vinda da internet das coisas pode ajudar os hotéis a cumprir com as normas de segurança exigidas pelo órgãos de saúde e ainda retomar a confiança de seus hóspedes. Sendo assim, com o uso de um software é possível: 

A Emissão do  PMOC é imprescindível para comprovar para as fiscalizações da saúde, que o hotel possui um ar interno seguro. Acesse este vídeo e veja como o PMOC é importante na sua operação e para a segurança dos seus hóspedes. 

Este é o momento certo para que o Gestor de manutenção predial e facilities atualize a sua gestão e conte com ferramentas para melhorar a sua operação. A engenharia tecnológica está à disposição para tornar o seu trabalho mais prático, melhorar a comunicação das equipes, promover segurança para colaboradores e clientes e ainda conquistar muitas avaliações de sucesso.

Fonte: Abrava, Infra FM, Software Leankeep

Este conteúdo foi útil?